quarta-feira, 12 setembro, 2012 – 02:58 am

PÍLULAS…PÍLULAS…(12set)

Oito jogos abrem hoje a 24ª rodada da série A do Campeonato Brasileiro. Fluminense (19h30), Vasco (22h) e Flamengo (22h) estarão em campo.

*

I – Em Mossoró, quando algum motorista faz uma barbeiragem no trânsito, logo perguntam se foi Regy Campelo que “deu” a carteira, numa menção ao tempo em que era bem fácil conseguir uma carteira de habilitação, bastando um pistolão bom. Eu, inocentemente, pensei que a prática havia acabado. Como fui ingênuo…

*

II – Ontem, a Polícia Rodoviária Federal e o Ministério Público  em Mossoró fizeram a Operação Cangueiro, que prendeu pessoas e apreendeu documentos que podem comprovar a existência de um esquema ilegal de fornecimento de carteiras de habilitação. Um dos presos foi o diretor do Detran em Mossoró, Jader Henrique. Donos de autoescolas também entraram no rolo. Vê-se que Regy passou, mas a prática ficou. Daqui em diante será: “foi Jader que deu?”.

*

No próximo dia 22 de setembro, um sábado, Wanderlânia Lima comemora os dois anos da sua coluna Na Berlinda, publicada no jornal Correio da Tarde. A festa, nominada , será animada por Renata Falcão, Radiola Club, I’m Not Cat Now, Salsalada e DJ Balinha. O evento será no Requinte Buffet, às 22h22. Senhas no Maison Chiquê (3316-3225).

*

I – O ex-jogador e deputado federal Romário (PSB) estará hoje em Mossoró. Vem participar de movimentações políticas da correligionária Larissa Rosado, candidata a prefeito. Romário chega às10h15 e ficará na cidade até o fim da tarde. Ele participará ainda do programa Observador Político, exibido a partir do meio-dia na TV Mossoró.

*

II – O ex-craque Romário é uma das surpresas positivas da atual legislatura na Câmara dos Deputados. Sua atuação parlamentar vem recebendo muitos elogios da imprensa e dos pares. Um dos raros votos de protesto que valeram a pena. Bem diferente de Tiririca.

*

Agenda noturna – A candidata a prefeito Cláudia Regina (DEM) fará movimentação no bairro Abolição IV, e a candidata Larissa Rosado (PSB) fará movimentação no bairro Paredões. O candidato Edinaldo Calixto não terá agenda noturna. Os demais candidatos não enviaram a agenda.

*

I – A Amico – Amigos do Coração da Criança, associação sem fins lucrativos, que auxilia crianças carentes portadoras de cardiopatias, promove seu primeiro Dia do Vinho. O evento terá renda totalmente revertida para a instituição e acontecerá hoje (12), às 19h, no Serhs Natal Grand Hotel, na Via Costeira. As senhas são limitadas e podem ser adquiridas pelo valor de R$ 120 reais nas lojas Vinhedos.

*

II – A rede de lojas Vinhedos, parceira do evento, selecionou 40 rótulos de vinhos tintos, brancos e espumantes de 14 países. Os participantes ainda terão direito a um buffet de harmonização preparado pela cozinha internacional do Hotel Serhs.


Categoria: PÍLULAS
Vocé pode acompanhar todas as respostas a esta entrada através do RSS 2.0 feed.

10 Comentários

12/09/2012
Maria alice

Nada de Policia Federal em Mossoró, que continua sendo uma das menos produtivas do Brasil. O trabalho foi do MP e PRF


12/09/2012
Saraiva

Ao Jaurez quanto ao comentário dos vices campeonatos em post anterior. Posto também aqui, esperando a aprovação do titular do blog, considerando que o outro post já deve está próximo de sair da página principal:

Na sua conta Juares, deveria ser levado também em consideração, já que você tocou no assunto, quantos títulos o Vasco da Gama levou na época em que a federação do Rio de Janeiro era comandada pelo mais desonesto (digo isso principalmente em relação ao favorecimento visível de certos times) de todos os dirigentes que se tem notícia, que colocou Ricardo Teixeira no bolso, chamado Eduardo Viana ou “Caixa dágua”.

Quem conhece um pouco da história do Futebol sabe bem que ele era aliado inseparável de Eurico Miranda, e que a Federação do Rio esteve à disposição do Vasco para tudo de safadeza que se possa imaginar. Tanto é que tal fato proporcionou algo inédito, Flamengo, botafogo e fluminense se uniram ameaçando boicotar o estadual do rio, isso vários anos, tendo em vista os vergonhosos esquemas para beneficiar o Vasco. Coincidentemente, foi a época que o Vasco mais teve títulos, salvo engano isso foi pelo final da década de 80 e década de 90.

Torcedor tem a mania de achar que seu time é sempre o perseguido e só lembrar dos fatos que beneficiem os outros. Houve denuncias e mais denuncias contra o Vasco e Federação que resultaram até em processos no STJD, e até na justiça comum, de esquema para beneficiar o Vasco e também o Americano de Campos nas competições.

Entre outras coisas, Eurico Miranda tinha o poder de vetar árbitros escalados para apitar jogos do vasco (na época não havia sorteio como é hoje). Ele era consultado se aceitava ou não, obviamente visando fins ilícitos. Foi o período mais negro da história da Federação do Rio. Quem tem um pouco mais de idade como eu e ler sobre futebol deve lembrar desses acontecimentos. À época vários árbitros chegaram a denunciar o esquema que envolvia o Vasco e a Federação, esquema este que se deslocou até a CBF, pois no início da gestão de Ricardo Teixeira, Eurico Miranda era seu forte aliado e tinha muito poder na entidade.

Bem, são essas considerações. Claro que todo mundo deve ter a sua história negra sobre muitos times (flamengo, fluminense, Gremio, Corinthians, etc, entre outros, tb tem) apresentei essa sobre o passado recente do Vasco quando era dirigido por Eurico Miranda, que qualquer pessoa um pouco bem informada sobre futebol sabe do que esse sujeito era capaz.

Praticamente todos os times grandes tem histórias negras, mas as de Eurico Miranda e Eduardo Viana na Federação do rio estão sem dúvida entre as mais graves (junto com o fluminense, que apesar de não ter um esquema dentro de campo quando foi rebaixado, mostrou que tinha muito forte fora de campo, com várias “viradas de mesa” a seu favor, seja para não disputar divisões inferiores, seja para voltar para a elite pela “porta dos fundos” ) pois foi um esquema vergonho que durou muitos anos.


12/09/2012
FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAUJO

Caro Saraiva, independentemente de paixões clubisticas (SOU TORCEDOR DO BOTAFOGO) assino embaixo todas as palavras/informações esposados por Vossa Senhoria, e digo mais o Sr. EURICO MIRANDA É UMA DAS MAIROES CHAGAS E UM DOS PIORES EXEMPLOS DE DIRIGENTES/CARTOLAS QUE JÁ PASSARAM PELO FUTEBOL BRASILEIRO.

Os deletérios exemplos de autoritarismo, corrupção, chantagem, corrupção ativa e passiva praticados pelo então DEPUTADO FEDERAL E PRESIDENTE DO CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA, não são apenas publico e notórios, mas sabidos ate´pelas estrelas, como as do CRUZEIRO DE MINAS GERAIS, SAÕ CAETANO DE SÃO PAULO e, principalmente pela estrela solitária, que à época foi uma das mais prejuidcadas PELAS ARMAÇÕES DENTRO E FROA DE CAMPO ARTICULADAS PELO ENÉRGUMENO MACUNAÍMICO DITADOR: EURICO PILANTRA CAIXA DÁGUA MIRANDA.

O mais são baboseiras, basófias e eufemismos apaixonados de trocedores que não conseguem seaprar a paixaõ clube de um mínimo d e´tica quando de suas valorações e análises acerca da realidade do futebol tupiniquim.

uM BARAÇO

FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO.
OABRN. 7318.


12/09/2012
Boca de Xafurdo

A CASA CAIU EM MONTE ALEGRE

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKk

A prefeitura de Monte Alegre-RN, efetuou a compra de 1,08 MILHÃO DE PARES DE LUVAS para procedimento não cirúrgico KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

A população da cidade não passa dos 21 mil habitantes KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Não jeito que dê jeito. É todo mundo roubando e desta vez a prefeitinha lalau de Monte Alegre exagerou na dose. A coitado não soube roubar.

Prefeita, no próximo roubo ligue para o pessoal do PT em Brasilia. Eles ensinam direitinho a meter a mão na cumbuca sem deixar rastro e quando o povo desconfia, eles dizem. EU NUM SEIO DE NADA e jogam a culpa num tal de Marcos Valério.

Por falar em Marcos Valério, o mesmo já falou que se o roubo do mensalão só recair em cima dele, vai abrir a boca e soltar o verbo. Os Ptralhas estão com o boga que passa um “pentêi”. Inclusive o Grande Chefe Aitolá-Mula-Lá que ‘nunca soube de nada’.

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKkkk


13/09/2012
Raimundo Pão Doce

Vocês torcedores do Rio Grande do Norte,são uns merdas ,babacas, idiotas e imbecis, preocupa-se com o futebol fluminense e esquece o daqui, o que seria mais importante é o nosso futebol , o torcedor local é o único no mundo que torce contra os times da sua cidade, isso merece um estudo cientifico ou será que freud explicaria ? , obs. a imprenssa também tem sua culpa pois a grande maioria dos jornalistas ignora o futebol local.


13/09/2012
Juarez Belém (@juarezbelem)

SARAIVA – Muito bom o comentário! Faz valer o hábito de voltar ao blog só para ver se há alguma ideia cercando a minha. Só tenho a concordar com o exposto, pois injustiças em tal seara sempre terão lugar, e, pior, o argumento de que “o jogo tem 90 minutos” não encontra justificativa para o time tentar apagar um erro do comando de arbitragem, esse filme é velho e há várias dezenas de exemplo, dos quais cito um: Brasil e Camarões nas Olimpíadas de Sidney 2000; depois de 89 minutos de vã tentativa de furar a zaga africana, o meia Nem, do São Paulo, consegue enganar os marcadores, recebe a bola, e decreta 1 a 0 no jogo que antecedia a final do certame, mas por desgraça o bandeirinha húngaro viu lance irregular, e, apesar dos protestos, não retornou sua falsa marcação, e, sem alteração no placar, a partida teve o final que teve, como o conhecemos hoje, e, consequentemente, o evento, de tão grande magnitude, teve um campeão falso. Dá tempo de apagar um erro a tal altura do jogo? Claro que não. Se fosse em fase de jogo ainda longe de apito final talvez até houvesse compensação, mas naquela situação não dava mais para contornar. Mais recentemente, numa outra semifinal, desta feita na Copa do Brasil 2009, jogavam Corinthians e Vasco a segunda partida do “jogo de 180 minutos” quando o Vasco, após muito pressionar, conseguiu um pênalte sobre Élton, que recentemente esteve no mesmo Corinthians e hoje é responsável pelos gols no ataque do Vitória/BA. Foi um pênalte claro, indiscutível e singularmente óbvio; nem precisei de rever o lance para eu mesmo, torcedor, assinalar o lance, eis que o jogador fora puxado pela camisa dentro da área quando sua condição de anotar era por demais satisfatória. Na soma dos resultados, o Corinthians ganhou o direito de disputar a final e gorou os planos da CBF de fazer um campeão verdadeiro, já que o 0 a 1 provocaria prorrogação. Por mais caudalosos que sejam os rios de tinta a se escrever sobre o assunto, sempre haverá algo a ser explorado. Para finalizar, vamos ao Brasileirão 2012; já pensou se o Fluminado fica em primeiro após as 38 rodadas? Que calamidade, não? Um time da Segunda Divisão ganhando na primeira é algo inaudito fora do Brasil, já que o mesmo Fluminado conseguiu a façanha em 2010, se não me engano. Mais um certame com falso campeão. Assim, para se chegar ao melhor time do mundo na década. no século, na temporada, há que se lembrar desse importante aspecto. Eu acompanho futebol desde 1972 e já vi muita bizarrice, inclusive aquelas mencionadas por ti quanto ao VASCO DA GAMA – RJ, e, tanto para mim quanto para torcedor de qualquer outro time o fato foi vergonhoso, desabonador, prejudicial e inglório; atacou de morte nosso maior patrimônio, coisa tão grave quanto o ato de mandar o Fluminado para a Primeira Divisão sem que tivesse conseguido o acesso por seus méritos, por isso ficará devendo eternamente; nunca preencherá a lacuna, e me solidarizo com os tricolores que sentem a dor lancinante e irreversível que os seguirá por muitos anos. Ser sem ter sido deve conflitar muito, espero que consigam forças para aplacar o mal, pelo qual, como torcedor, também já passei, conforme o amigo salientou.


14/09/2012
Joaquim Anselmo

Caro juarêz, me explique porque a Partida final do Brasileiro de 1974 foi jogada no Maracanã quando o regulamento marcava esse jogo para o mineirão, quanto a volta do melhor time do Brasil da série C direto para série A, vc sabe o motivo.( em 1996 era para o Fluminense e o Bragantino terem caído para segunda juntos com Criciúma, Atlético PR, mulambada e Bahia. Atlético PR e Mulambada abriram seus jogos contra Criciuma e Bahia para prejudicar o FLUZÃO), acompanho tambem esse negócio chamado Futebol desde 1972. ERROS NUNCA VÃO ACABAR.


14/09/2012
Juarez Belém (@juarezbelem)

FINAL DE 1974 – Em primeiro de agosto o VASCO DA GAMA – RJ tornou-se o primeiro campeão brasileiro entre os cariocas. Tinha um time dos melhores e a campanha fala por si. O Cruzeiro já havia plantado as raízes do time que encantou a América em 1976, tinha jogadores de escol e qualquer resultado seria justo, em minha opinião. A final foi jogada no Rio de Janeiro, pelo que li, porque o Mineirão não reunia condições estruturais assaz suficientes para suportar o provável público da final. Embora sendo o primeiro, eu trocaria tal título pelo de 1984, que não veio porque os deuses do futebol impediram a máquina cruzmaltina de abocanhar seu segundo título nacional (quem podia com o time de Falcão, né?), num jogo em que o VASCO DA GAMA – RJ desperdiçou nada menos do que 16 chances reais de gol, a mais clara delas com Roberto Dinamite, dentro da pequena área, um cabeceio que raspou na trave; fora desse, Arthurzinho perdeu um pênalte sem goleiro, mas com a bola em movimento; Paulo Vítor não estava mais sob o arco quando o meia chutou (para fora); coisas do futebol, isso sem falar no pênalte não assinalado em favor do VASCO DA GAMA – RJ, mas não lembro mais que jogador recebeu a falta. Talvez fosse para fora, também. O que também muito me irritou foi o fato de Romerito haver quebrado o Pires, zagueiro do VASCO DA GAMA – RJ e nenhuma punição ter sofrido! Foi mais que lamentável. Na mesma década, contudo, o VASCO DA GAMA – RJ ainda montaria o melhor time daquele espaço de 10 (dez) anos, razão por que o Flavice ficou em segundo; as campanhas de 1988, quando fez mais pontos que o Bahia/BA (que depois se tornou Campeão da Copa União) e a consagração em 1989 não deixam margem a dúvidas: fechou a década como o melhor. O começo da década seguinte prometia, o time de 1992 só tinha um jogador que destoava dos demais, porém um jogador-chave, o goleiro Régis, do contrário nos dias atuais teríamos mais uma estrela no peito. Ai, deram ao Flavice o título, embora o melhor da final fosse o Botafogo (de Valdeir). Nos anos seguintes o VASCO DA GAMA – RJ teve desempenho desnivelado de sua história até a chegada do craque Edmundo, voltando a ter time competitivo em 2000, quando ganhou a Copa João Havelange, nome dado ao Campeonato Brasileiro desse ano. A final, em 18-01-2001, mostrou times de qualidades bem diferenciadas, e, pelo que já sabemos que houve, nada seria mais justo que dividir o título, dando os mesmos direitos para ambos os finalistas.


14/09/2012
Saraiva

Somente a paixão futebolística desmedida pode explicar a tentativa de justificar uma “virada de mesa” para que um time não caia quando foi rebaixado em campo. A diretoria do fluminense comemorou muito, com direito a champagne da melhor qualidade, tendo a tv mostrado a cara de pau dos dirigentes do tricolor, que comemoraram o absurdo publicamente. Um verdadeiro escarnio com o torcedor e com aqueles que acreditam no futebol.

Afirmar que clube “a” ou “b” abriram os jogos para prejudicar o flu? Sem essa. Todos os anos no campeonato brasileiro vemos essas afirmações, todos os anos surgem comentários de times que teriam aberto do jogo para impedir o título do rival ou facilitar seu rebaixamento. Longe de considerar tal prática, acaso existente, correta, mas querer justificar uma jogada suja de bastidores como base nisso me parece despropositado.

Se o fluminense tivesse feito sua parte em campo não teria precisado de outros resultados. Caiu porque o time era muito ruim mesmo. A época era tão ruim para o flu que, como castigo, no ano seguinte, caiu de novo, e, desta feita, não teve virada de mesa (seria o cúmulo da cara de pau se tivesse). E pra fechar o caixão e como castigo final, o flu novamente cai e vai parar na terceira divisão, sendo o único caso de time tri-rebaixado do futebol brasileiro.

Mas a cartolagem era tão afável ao tricolor das laranjeiras, que depois o flu volta pra primeira divisão pela “porta dos fundos”, sem conseguir o acesso em campo. Não conheço nenhum caso no futebol brasileiro de um time tão beneficiado extra campo assim.

Mas no geral as falcatruas futebolísticas ocorrem com muito mais frequência do que imaginamos, os fatos que vêm a público com certeza são infinitamente inferiores ao que de fato ocorre e não tomamos conhecimento.

Futebol envolve elevadas cifras de dinheiro e muita gente querendo ganhar em cima disso. Se nos órgãos públicos em que há relativa fiscalização do dinheiro ocorrer absurdos, imagine no futebol em que praticamente não há qualquer fiscalização da grana movimenta. É só imaginarmos o que faz tanta gente brigar para ser dirigente de clube sem ter, na maioria dos casos, qualquer remuneração pelo desempenho da função.

Óbvio que as safadezas do futebol não se limitam a fluminense, mas o escândalo de duas “viradas de mesa” para beneficiar o flu (uma pra não cair outra pra subir), o coloca, na minha visão, como o mais escabroso caso de pilantragem em nosso futebol, pois isso é muito mais grave que comprar árbitros para uma ou muitas partidas, já que de nada adianta comprar juízes se ao final ocorrerá virada de mesa.

Fico só imaginando o custo destas viradas de mesa.


15/09/2012
Juarez Belém (@juarezbelem)

Depois sai um levantamento mostrando queda de frequencia de público aos estádios e também de renda dos jogos e ficam sem saber o porquê ! VASCO DA GAMA – RJ e Olaria, jogando numa quarta-feira à noite, trazia 30.000 toorcedores ao Maracanã há três décadas; se houver esse encontro hoje, será surpreendende se houver mais de 3.000 (três mil pagantes). É certo que há outros fatores que contribuem para tão diferentes números, mas dá o que pensar; em contrapartida, contudo, a população aumentou.