3 setembro, 2015 – 06:36 am

PÍLULAS…PÍLULAS…(03set)

Mais de 70 quilômetros separam o extremo leste (sítio Chafariz) do extremo oeste (sítio Bonsucesso) da cidade de Governador Dix-sept Rosado. Sua enorme área territorial a coloca como sexto maior município do Rio Grande do Norte neste quesito.

Ontem, em razão do meu ofício, estive no sítio Chafariz, que fica numa área limítrofe entre Governador, Upanema e Mossoró. Para alguns órgãos, Chafariz faz parte de Mossoró; para outros, Governador; e para outros tantos, Upanema.

Partindo da zona urbana de Governador são quase 40 quilômetros para se chegar à localidade, distância semelhante se partindo de Mossoró e Upanema.

No trajeto que fiz, quase integralmente em estrada de terra, salvo 03 km de asfalto (BR-110), me deparei com um cenário desolador: muita poeira, vegetação seca, animais com costelas à mostra e imóveis abandonados. Os nativos com quem conversei, todos derramaram lamúrias pela falta de chuvas.

O homem campesino está sofrendo.

Só vi água em certa abundância no meu destino, o sítio Chafariz, onde tem uma barragem que recebe água da barragem de Umari e desemboca no rio Mossoró.

Apesar de não existir entendimento pacífico em relação à que cidade pertence a comunidade, Mossoró leva certa vantagem, até porque um líder político com atuação no município tem origem na região, o vereador Manoel Bezerra, que passa seus fins de semana no local, onde possui uma vistosa casa em azul e branco.

Para a Justiça Eleitoral, Chafariz pertence a Mossoró, o que agrada muito ao vereador Manoel Bezerra, vez que lá é seu principal reduto eleitoral.

Cumprida a missão no sítio Chafariz, peguei a estrada de volta, desta feita por uma estrada carroçável que une a BR-110 (Mossoró – Upanema) a RN-117 (Governador – Caraúbas).

No trajeto tive a grata satisfação de conhecer o senhor Osmar Vicente, que outrora incentivou bastante o futebol dix-septiense. Eu nem ao menos sabia que ele ainda era vivo, até porque há um assentamento na região que leva seu nome, e geralmente as homenagens alcançam apenas os falecidos.

Também passei por um poço público construído em 1937 no sítio Pitombeira, quando o governador era Rafael Fernandes. A família Rosado possuía propriedades na região, daí ter usado de sua influência para conseguir a obra, que funciona até hoje.

Foram mais de três horas percorrendo caminhos tortuosos em cima de uma moto. Cansativo é, mas cada diligência realizada em regiões distantes nos traz experiência. Além disso, nos faz ver o quanto o povo que vive na zona rural é sofrido. Vive não, luta. O que vi foram pessoas lutando (pela sobrevivência), não vivendo.

Categoria:PÍLULAS
2 setembro, 2015 – 05:38 am

PÍLULAS…PÍLULAS…(02set)

Virou febre entre os nutricionistas que possuem contas nas redes sociais incentivar seus seguidores a cumprir 30 dias de atividades físicas e alimentação saudável, é o #Desafio30Dias. Cada nutricionista sugere o que o seguidor deve fazer, mas no geral recomendam para o período a prática diária de exercícios físicos e a eliminação de doces, frituras e alimentos enlatados da dieta.

Quem se submete ao desafio consegue perder entre 05 e 10 kg. Encerrado os 30 dias, e empolgado com o resultado obtido, o paciente tende a continuar com sua vida saudável. Trata-se apenas de uma tática para convencer as pessoas a fazerem uma reeducação alimentar e inserirem a prática de atividades físicas em seus cotidianos.

 

Falando nisso, o sistema municipal de Saúde possui uma unidade voltada exclusivamente para quem está acima do peso. Funciona na Rua Duodécimo Rosado, bairro Nova Betânia. A equipe multifuncional conta com educador físico, psicólogo, nutricionista, fonoaudiólogo, enfermeiro, assistente social, médico e auxiliares administrativos.

Segundo Roberto Faustino, diretor do Centro de Obesidade, não há filas de espera para atendimento. Assim, quem tiver interesse é só se dirigir ao local. As atividades acontecem de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h, e das 13h às 17h. O telefone para contato é o 3315-2607.

*

A equipe do Flamengo – RJ está desde segunda-feira na capital do estado, onde enfrenta hoje o Avaí – SC, em jogo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. É a primeira vez que a Arena das Dunas sediará um jogo de série A do Brasileirão. A equipe carioca joga sem Paolo Guerrero e sem Pará, mas terá a volta do zagueiro-intelectual Wallace. O jogo está marcado para as 21h.

*

Voltando a questão da saúde, o município está promovendo até sexta a semana de atenção à saúde do homem. Faz parte da programação anunciada a realização de exames de sangue, consultas médicas e aferição da pressão arterial. Para ter os benefícios, o homem deve procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência.

*

O quiproquó na Câmara Municipal ontem foi grande. O debate principal girou em torno das altercações envolvendo linheiros de outras cidades e o município de Mossoró.

A prefeitura definiu quatro pontos de embarque e desembarque na cidade, dependendo da região de origem dos passageiros. Os que vêm de Governador Dix-sept Rosado e cidades vizinhas, por exemplo, ficam na conhecida Praça da Pirâmide, no bairro Belo Horizonte.

A prefeitura não proíbe que o passageiro seja deixado no seu destino, mas quer que ele volte para o local de embarque utilizando-se do sistema local de transporte público (coletivos, táxis ou moto-táxis).

Com as novas regras, a prefeitura busca valorizar e promover o transporte público local e desafogar o trânsito no Centro da cidade, onde antes ficavam os pontos de embarque e desembarque de todas as cidades.

Os linheiros reclamam justamente da distância dos pontos para o Centro da cidade, e dizem que muitos passageiros estão deixando de vir para Mossoró porque não tem como arcar com as despesas de volta para a região de embarque.

Pela situação, os vereadores acham a medida acertada, precisando apenas de algumas melhoras; pela oposição a gritaria é geral. Dizem que o comércio de Mossoró quebrará caso as novas regras sejam mantidas.

A questão é tormentosa, sobretudo por atingir a economia local num momento de grande crise, mas é inegável que as novas regras têm suas vantagens, sobretudo por desafogar várias regiões no Centro da cidade as quais anteriormente eram tomadas por carros de outras cidades.

*

Por falar em Câmara Municipal, o circo, como conhecemos hoje, surgiu em 1768, na Inglaterra, pelas mãos do militar Philip Astley. Ele criou um ambiente fechado para apresentações com cavalos, palhaços, acrobatas e equilibristas. Antes, os artistas se apresentavam em feiras livres e outros locais de aglomeração humana, eram os chamados saltimbancos, que existiam desde a Idade Média.

No Brasil, o palhaço passou a ser uma figura cômica, falante e engraçada. Na Europa, o palhaço é mais quieto, chamando a atenção apenas pelas expressões faciais e pelas mímicas. Foi o brasileiro que inventou isso de o palhaço contar piadas, brincar com o público etc.

*

Nesta data, em 1666, começava o maior incêndio da história de Londres, Inglaterra. O fato tétrico destruiu 13 mil edifícios, quase dois terços da cidade.

*

PATRONOS DE RUAS. Nilo Peçanha – Nasceu em Campos/RJ, no ano de 1867. Teve uma longa carreira política em seu estado natal, exercendo os cargos de deputado federal, senador e governador. Foi eleito vice-presidente da República para o período 1906-1910. Assumiu a presidência em 1909, com a morte do presidente Afonso Pena. Durante sua gestão lutou para amainar os efeitos da seca no Nordeste. Foi o criador da Inspetoria de Obras Contra as Secas. Morreu em 31/03/1924.

1 setembro, 2015 – 05:58 am

PÍLULAS…PÍLULAS…(01ºset)

Quando esteve em Mossoró na semana passada, para um evento cartorial do seu partido, o senador José Agripino (DEM) disse que iria se esforçar para reverter a inelegibilidade da ex-governadora Rosalba Ciarlini. Por duas razões a declaração pega a todos de surpresa.

Nas últimas eleições estaduais, o senador, líder máximo do DEM, não permitiu que Rosalba Ciarlini – então governadora – tentasse a reeleição. A decisão provocou a ira dos rosalbistas roxos. Pouco menos de um ano depois, o senador vem a Mossoró gritar a importância de Rosalba. O que aconteceu?

Além disso, as chances de a ex-governadora reverter sua situação de inelegibilidade são semelhantes as do Vasco se manter na série A do Campeonato Brasileiro, quase nenhuma. Ela tem condenações por órgãos colegiados na Justiça Comum e na Justiça Eleitoral.

E de que forma o senador pode agir para que as decisões sejam revertidas? Ele tem poder sobre o Judiciário? Os Desembargadores e Ministros votam com base em pedidos de congressistas? Até onde sei, são as leis e a jurisprudência que norteiam as decisões dos tribunais.

*

“Ele é meio psicopata, não tem remorso. Isso tudo é acentuado pelo fato de beber e fumar maconha o dia inteiro. O acervo de minha mãe está sob a responsabilidade de um alcoólatra, um cafajeste, um desequilibrado. Essa é a verdade”. (Eduardo Clark, sobre seu irmão, Álvaro Clark. Os dois travam uma luta titânica pela herança da mãe, a artista plástica Lygia Clark)

“Os motivos que levam Eduardo a vomitar mentiras, difamando os réus, naturalmente atingindo e prejudicando a obra da mãe, são evidentes: falta de dinheiro e excesso de dívidas”. (Advogado de Álvaro, em resposta).

A artista plástica mineira Lygia Clark feneceu em abril de 1988. Desde então seus filhos se digladiam no Judiciário pelos seus bens.

*

O governo reduziu em 75% as verbas de custeio para pesquisas em cursos de mestrado e doutorado. Nos últimos 20 anos, o Brasil tinha passado da 24ª para a 13ª posição no ranking de pesquisas produzidas. A tendência era galgar mais posições, mas com o corte o país tende a cair no ranking. Uma lástima. O país jamais sairá de sua condição de inferior tecnologicamente. Nossa sina é vender grãos e comprar aparelhos eletrônicos.

*

Eu não abomino o jornalismo do talão de cheques, até porque todos os órgãos precisam de uma fonte de renda, o que critico com veemência é a falta de transparência, é querer mostrar que a parcialidade é motivada por questões nobres, de cunho social e comunitário.

Cada órgão de imprensa que é bancado por um ente público deveria divulgar isso às escâncaras, seria mais honesto. O leitor tendia a aceitar mais os argumentos, desde que nas matérias não houvesse mentiras, é claro.

O ideal mesmo seria uma imprensa desvencilhada do poder público, mas no Brasil isso é quase impossível. Um órgão de imprensa não consegue sobreviver apenas com os recursos dos leitores e da iniciativa privada.

Para reforçar a parcialidade, o gestor público que patrocina um jornal ou um blog, por exemplo, quer que a linha editorial lhe seja favorável. Não aceitam que os órgãos se limitem a divulgar os atos da gestão, querem que digam que os gestores são “lindos, bonitos e joiados”. Assim fica difícil.

*

Hoje é o Dia do Educador Físico. Parabéns a todos que labutam nesta área. A prática de atividade física combate o sedentarismo, um dos pilares das chamadas doenças adquiridas, como hipertensão e diabetes. A OMS (Organização Mundial de Saúde) recomenda 30 minutos de exercícios físicos por dia, cinco vezes por semana.

*

Recebi o convite para o lançamento da Vírus Viagens, uma nova agência de viagens genuinamente mossoroense. O evento será amanhã (02set), às 19h30, no Requinte Buffet. A animação ficará a cargo de Renata Falcão. A organização é do colunista social Sérgio Chaves.

31 agosto, 2015 – 10:39 am

OS LENNONS DE SÃO MIGUEL.

Dois são-miguelenses trabalham como garçons na tradicional Cantina Gigio, bairro de Pinheiros, em São Paulo. Até aí nada demais, muitos potiguares exercem o mesmo ofício no Sudeste do país. A coincidência reside no fato de os dois trazerem em seus nomes uma homenagem ao ex-líder da banda The Beatles, com uma pequena diferença, um se chama Jonh Lennon (Henrique de Freitas) e o outro, John Lennon (do Rego Barros). No caso do primeiro, o escrivão trocou as posições das últimas duas letras do primeiro nome.

Para não confundir, o gerente do estabelecimento determinou que o mais alto seria chamado de John e o mais baixo de Lennon. “John é nome de gente alta; Lennon é nome de gente baixa”, defendeu com ar de certeza o gerente, como se tivesse prova científica daquilo.

Costumeiramente os dois são alvo de brincadeiras por parte dos clientes, os quais – no mais das vezes – pedem que eles deem uma palinha. Os dois não se incomodam, mas não entendem o espanto por se chamarem John Lennon. Na escola primária que frequentavam, em São Miguel, havia uns dez com esse mesmo nome.

Mas por que há tantas pessoas com o nome do ex-Beatle em São Miguel? A explicação mais corrente é que uma banda foi formada nos anos 80 para homenagear o quarteto inglês, e tal banda animou muitos bailes, que geraram muitos namoros, que geraram casamentos e que geraram filhos…

A Cantina Gigio recebeu recentemente mais um são-miguelense para trabalhar como garçom, mas este não traz no nome uma homenagem ao ex-Beatle, apesar de também se chamar John, só que Kennedy.

OBS. Resumo de um texto publicado na edição 106 da revista Piauí.

29 agosto, 2015 – 11:25 am

RUAS SERÃO INTERDITADAS PARA CORRIDA NESTE SÁBADO

Em virtude da Iª Corrida e Caminhada de Rua da APAE Mossoró, a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) informa que neste sábado, 29, às 16h, algumas ruas do Centro da cidade serão interditadas. Os trechos que serão bloqueados são os dois sentidos da Avenida Rio Branco, iniciando na lateral do Teatro Municipal Dix-huit Rosado e finalizando na Rua César Campos.

A orientação é para que os condutores evitem o trecho mencionado a partir das 15h30, horário em que serão iniciados os bloqueios. As vias alternativas, que poderão ser utilizadas pelos condutores serão as ruas paralelas à Av. Rio Branco (Av. Alberto Maranhão e Rua Melo Franco) ou as transversais (Av. Augusto Severo e, no sentido oposto, a Rua Coelho Neto).

27 agosto, 2015 – 06:01 am

PÍLULAS…PÍLULAS… (27ago)

Figueirense, Vasco, Fluminense, Santos, São Paulo e Palmeiras avançam na Copa do Brasil. Caíram Atlético-MG, Flamengo, Paysandu, Corinthians, Ceará e Cruzeiro. Dois jogos hoje fecham a fase de oitavas de final. Os confrontos das quartas serão decididos através de sorteio.

*

O STF está na iminência de descriminalizar o uso da maconha em todo o país, no limite de dois cigarros (3g) para cada pessoa. Assim, se o sujeito for pego portando tal quantidade não sofrerá punição alguma. O peso muda de país para país. Em Portugal são 25g e na Espanha, 200g. No Brasil, ainda não há uma quantia específica, o que deixa o portador à mercê do julgamento inicial da autoridade policial. Ele que decide se a pessoa é usuária ou se é traficante.

No julgamento, o ministro Gilmar Mendes, relator do processo, votou pela descriminalização nos moldes acima. O ministro Edson Fachin pediu vistas, suspendendo o trâmite. A tendência, contudo, é que o voto do relator seja mantido. A decisão causará “repercussão geral”, ou seja, todos os juízes do país terão que segui-la.

*

O Partido Progressista (PP) fez uma consulta ao TSE para saber se o prefeito de Mossoró, Francisco José Jr. (PSD), poderá ser candidato à reeleição. Uma corrente, minoritária, defende esta tese.

O deputado federal Beto Rosado integra os quadros do PP.

*

Na semana passada, vi uma cena que mostrou como parcela de nossas crianças se alimenta mal e, ainda por cima, não possui educação ambiental. Eu seguia pela RN-117, sentido Mossoró-Governador, e – a minha frente – um ônibus escolar.

Nos dez minutos que permaneci atrás do ônibus vi uma verdadeira revoada de sacos vazios de batata-frita, de salgadinhos, caixinhas de achocolatado, latinhas de refrigerante e embalagens de bolinhos industrializados. Não foram poucos.

Além de demonstrar a péssima alimentação, o episódio também mostra como parcela das crianças não possui educação social nem ambiental. A pessoa jogar uma lata de refrigerante no meio da rua, na zona urbana, mostra falta de educação social, mas não necessariamente ambiental, vez que o serviço de limpeza urbana tende a recolher aquele objeto.

A pessoa fazer isso numa estrada, na zona rural, entretanto, é uma agressão ao meio ambiente, pois o objeto ficará lá por anos e anos, prejudicando a natureza.

Atenção senhores pais e professores, vamos educar melhor nossas crianças.

*

A FEMURN (Federação dos Municípios do RN) tomou duas decisões que darão o que falar. A primeira foi acabar com a ajuda financeira à Polícia Militar, ajuda esta geralmente dada por meio de oferta de alimentação e aluguéis de imóveis. A segunda é solicitar de volta os servidores cedidos a outros órgãos. No caso, se o servidor permanecer, este deverá ser pago com dinheiro do órgão que ele está servindo. As medidas visam a aplacar a crise financeira que atinge os municípios, com repetidas quedas de receitas e repasses.

*

O auditor fiscal municipal Eudson Lacerda (de preto) esteve na Associação dos Renais Crônicos de Mossoró para acompanhar a doação de um valor arregimentado por um grupo de amigos. Um gesto louvável, que merece muitos encômios. Só quem tem uma pessoa próxima em tratamento de diálise sabe como a rotina de um paciente crônico renal é penosa e sofrida, com três sessões semanais de quatro horas de duração. A associação visa sobretudo a dar assistência aos acompanhantes, que muitas vezes vêm com os pacientes de outras cidades e não possuem dinheiro para alimentação, nem locomoção. O fone da associação é o 3061-7487.

*

O empresário Emílio Odebrecht falou com dois ex-presidentes, FHC e Lula, para que estes usassem suas influências para soltar seu filho, Marcelo Odebrecht, preso na operação Lava-Jato. A resposta que ouviu é que não podiam fazer nada. Tal episódio mostra uma chama de esperança no fim do túnel. A gente percebe quando um país está mudando quando dois ex-presidentes já não são peixes.

*

Nesta data, em 1859, era perfurado o primeiro poço de petróleo. A façanha ocorreu nos Estados Unidos, sob o comando do maquinista Edwin Drake.

*

Hoje tem show de humor no Thermas Hotel e Resort, com o comediante Dion Queiroz. O evento começa com uma apresentação musical, às 19h.

Categoria:PÍLULAS
21 agosto, 2015 – 05:55 am

PÍLULAS…PÍLULAS…(21ago)

Ontem, a cidade de Governador Dix-sept Rosado viveu momentos de muita tensão. Logo cedo, um grupo de linheiros interditou a entrada da cidade, em protesto contra algumas medidas adotadas pela prefeitura de Mossoró no que tange ao transporte de passageiros entre as duas cidades.

Polícias civil e militar, guarda civil mossoroense e imprensa estiveram presentes na manifestação. No auge do quiproquó três pessoas foram presas, entre estas o vereador dix-septiense Evandro Carlos e o ex-vereador Antonio Bolota.

Muitas imagens e vídeos do episódio foram espalhados nas redes sociais, especialmente em grupos de WhattsApp. O protesto foi destaque nas duas edições do RN TV, o maior telejornal do estado.

Num áudio divulgado pelo WhattsApp, o prefeito de Governador Dix-sept Rosado, Anaximandro Vale (DEM), mostrou um tom conciliatório. Disse que já se reuniu com o prefeito de Mossoró e com os linheiros de sua cidade a fim de buscar uma solução pacífica para a querela, sem ter logrado êxito naquele primeiro momento, mas que uma nova reunião deverá ocorrer semana que vem, com os prefeitos de Mossoró e das demais cidades da região.

Anax não relutou, contudo, em criticar a truculência que foi usada por alguns durante a manifestação. Frisou ainda a importância do trabalho dos linheiros para a população dix-septiense.

O consenso ainda não chegou, mas todos torcem que ele chegue o quanto antes. O clima de tensão prejudica a todos.

*

Nesta data, em 1989, morria um dos maiores expoentes do rock nacional, o cantor e compositor baiano Raul Seixas. Para muitos um gênio, para outros um cantor com algumas músicas boas, para outros um anticristo.

A obra que Raul deixou é venerada e admirada até hoje, 26 anos após a sua morte. Como ele bem profetizou: “Os homens passam, as músicas ficam”. Como ocorre todos os anos, vários eventos pelo Brasil são realizados para relembrar a obra e a vida do mago Raulzito.

No Rio Grande do Norte, o tributo que ocorre na cidade de Alto do Rodrigues leve centenas de raulseixistas à cidade. Neste ano não foi diferente. Muitos fãs se encontraram na primeira semana do mês para “discutir Raul Seixas”, e não Carlos Gardel (quem é fã entende).

Hoje, em Mossoró, haverá uma homenagem ao cantor no restaurante Malagueta, que funciona na Rua Duodécimo Rosado, logo no início, próximo a clínica Alexandre Diógenes.

#TocaRaul

*

Ontem, pela Copa do Brasil, o São Paulo perdeu em casa para o Ceará por 1-2. O bom do futebol é isso. Tal resultado era totalmente inesperado. Enquanto o time paulista está na cabeceira da tabela do Brasileirão Série A, o Ceará é o lanterna da Série B. Ninguém jamais entenderá o futebol.

No Maracanã o Fluminense penou para vencer o Paysandu por 2-1, com o gol da vitória saindo apenas nos acréscimos do segundo tempo. A salvação do tricolor das Laranjeiras foi o goleiro Júlio César, que fez defesas excepcionais. Vale frisar que se trata do terceiro goleiro da equipe, vez que Diego Cavalieiri e o reserva direto, Kléver, estão contundidos.

*

Na segunda metade do Século XVI, período do Brasil-Colônia, uma epidemia de varíola matou muitos índios. Em algumas tribos morreram 09 entre cada 10 integrantes. Tal resultou em muitos indígenas sozinhos, sem pais, filhos, irmãos etc.

A solução que eles encontraram para saciar a fome e poder continuar vivendo foi se oferecer como trabalhador para senhores de engenho. Compadecidos com a situação, alguns os acolhiam, no entanto, não os direcionavam para o trabalho escravo, ante a inaptidão deles.

Os indígenas passaram a morar nas casas dos senhores de engenho, mas não como escravos. A eles eram destinadas outras tarefas mais leves, do cotidiano. Nem eram da família, mas também não eram distantes como os escravos. Surgiu assim a figura do agregado, até hoje existente em alguns lares brasileiros.

*

O prefeito Francisco José Jr., em pronunciamento feito como presidente da Femurn (Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte), mostrou a importância dos municípios para o cidadão e a injustiça que existe na divisão dos tributos nacionais, onde a maior fatia do bolo fica com o governo federal. O prefeito aproveitou para mostrar dados que demonstram a difícil situação financeira pela qual passa as cidades potiguares.

*

Amanhã, dia 22, o Hotel Thermas será palco do “Mossoró Soul Jazz” com a atração internacional Billy Paul, uma lenda da música negra estadunidense e vencedor do Grammy, maior premiação da música mundial. O acontecimento é uma oportunidade única de acompanhar um grande show internacional sem sair de Mossoró, única cidade do Nordeste a receber o artista consagrado.

O público pode escolher entre mesa e camarote para assistir Billy Paul e os sócios com cartão passaporte terão desconto de 30% em ambos. O camarote para o show de Billy Paul terá capacidade para 12 pessoas e open bar com vodka, whisky 12 anos, refrigerantes, água com e sem gás e mesa de frios. As mesas para 04 pessoas são divididas em 3 categorias (ouro, prata e bronze) com valores que variam de acordo com a proximidade com o palco. Outras informações e vendas com o departamento de eventos do Thermas pelo (84) 3422-1200.

*

O deputado federal Eduardo Cunha (PMDB), denunciado ontem por envolvimento no Lava-jato, começou sua carreira como aliado do ex-presidente Fernando Collor, exercendo, durante seu governo, o cargo de presidente da Telerj, uma indicação do então seu amigo PC Farias.

Segundo a imprensa da época, o tesoureiro PC Farias não trabalhava só, comandava uma equipe com mais dez pessoas, e Eduardo Cunhas é apontado como integrante deste grupo, fato que ele sempre negou.

Vê-se que seu histórico explica muita coisa.

19 agosto, 2015 – 19:40 pm

A VIDA E A VIDA DO MENINO PEDRO HENRIQUE

A criança Pedro Henrique (04 anos) morava na pobre cidade de Capelinha, Minas Gerais. Os pais, alcoólatras, não cuidavam dele, tarefa que cabia a irmã mais velha, uma pré-adolescente de 13 anos. Os dois comiam basicamente arroz, único prato que a irmã sabia preparar.

O Conselho Tutelar cansou de dar viagens ao lar (?) com o propósito de convencer os pais a cuidarem dos filhos. Em vão.

A mãe morreu aos 28 anos, de cirrose hepática. O pai sumiu. Ninguém sabe se está vivo ou morto. Assim, o destino dos dois filhos foi um abrigo. Entraram na lista de adoção.

Uma família se interessou por Pedro Henrique e o adotou. Passados alguns meses veio devolvê-lo, alegando que a criança era muito danada. Foi a segunda rejeição que o menino, então com cinco anos, teve na vida.

A criança ainda não sabia o que era um lar, uma família, uma vida minimamente digna.

Em abril deste ano, contudo, ele recebeu a notícia de que um casal estava disposto a adotá-lo. Eram do Rio de Janeiro. Pedro Henrique ficou meio ressabiado. Temia a terceira rejeição. Após uma conversa com a psicóloga e a assistente social da Vara de Infância, PH ficou mais calmo, mas não totalmente. Aquele medo ainda tomava conta dele.

Enfim a criança foi apresentada aos novos pais, e pais aqui no sentido literal. Ele foi adotado pelo casal Gilberto Scofield, um jornalista bem sucedido; e Rodrigo Mello, um corretor de imóveis de luxo, igualmente bem sucedido.

O casal temia a relação da criança, mas esta foi a melhor possível. Eles chegaram a calcular em quanto tempo ela se sentiria parte da família: Um mês, dois meses? Erraram feio. Em meia hora PH estava chamando Rodrigo de pai.

Pedro Henrique de Mello Scofield saiu do abrigo e hoje mora muito bem no Rio de Janeiro (RJ), onde tem acesso a boas escolas, parques, restaurantes, uma casa confortável. Vive um sonho.

OPINIÃO DO BLOG. O post acima é um breve resumo de uma matéria de sete páginas publicada na edição 105 da revista Piauí. Foi escrita por um dos adotantes, o jornalista Gilberto Scofield Jr.

Confesso que até ler a matéria eu me posicionava terminantemente contra a adoção de crianças por casais homoafetivos, mas o texto me fez refletir mais um pouco sobre o tema, despertando em mim algumas reflexões.

Para Pedro Henrique, a adoção foi bem melhor. Agora ele terá um lar, terá duas pessoas que cuidarão dele e que lhe darão amor e carinho, além de boa educação. Posso sim dizer que foi um sortudo.

Outras 185 mil crianças – que vivem em abrigos, em sua maioria abandonadas pelos pais – queriam ter a sorte que Pedro Henrique teve.

É inegável que ele deverá sofrer constrangimentos durante sua vida, assim como os filhos de pais separados sofreram num passado não muito distante.

18 agosto, 2015 – 10:05 am

SITUAÇÃO DO VASCO É SEMELHANTE À DO FLUMINENSE EM 2009

O Vasco encerrou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro com 13 pontos. Muitos já dão como certo seu rebaixamento. Cabe aqui fazer um símile com o Fluminense de 2009, que encerrou a primeira etapa com 15 pontos. Na época os matemáticos apontavam em 99% as chances de o tricolor carioca cair para a série B.

O início do segundo turno não foi bom para o time das Laranjeiras, que continuou apresentando maus resultados. Faltando sete rodadas para o fim da competição, o time tinha que vencer, no mínimo, seis jogos. Diante do histórico de insucessos, quase ninguém acreditava que a meta fosse alcançada, dai os 99% de chances de rebaixamento.

Incrivelmente, o Fluminense venceu exatamente seis jogos em sequência, empatando o último, contra o Coritiba, num jogo sufocante, pois se o time paranaense vencesse, o Fluminense seria rebaixado. Foram minutos de aflição no fim do jogo, com muitos ataques do Coritiba. “Meu Deus, será que todo o esforço terá sido em vão?”, pensava o aflito torcedor carioca. Ao fim, foi mantido o 1 – 1, que salvou aquele time de lutadores de baixar para a Série B.

Por tal feito, o Fluminense ganhou o epíteto de “Time de Guerreiros”. E para coroar ainda mais a garra dos atletas, a equipe foi a campeã do Campeonato Brasileiro de 2010.

Cabe ao Vasco se inspirar neste exemplo histórico de superação.

14 agosto, 2015 – 06:06 am

PÍLULAS…PÍLULAS..(14ago)

Ontem, Mossoró amanheceu com uma cena inquietante. Uma senhora de 74 anos, morta, no chão de uma das salas do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM). No dia anterior, um amigo havia me passado uma foto (acima) mostrando um dos corredores do hospital totalmente congestionado de pacientes e acompanhantes.

Entra governo, sai governo, e a situação de caos no hospital só aumenta. Todos preferem o exercício de apontar culpados, mas tal atividade não resolve o problema, muito pelo contrário, agrava a situação. É preciso um choque, uma sacudida, uma reviravolta.

O HRTM é a salvação existente para milhares de pessoas que moram em Mossoró e região. Tem muitos profissionais competentes e um vasto maquinário. As peças existem, falta apenas que as engrenagens funcionem como deve ser.

*

“O amor é quando a gente mora um no outro”. (Mário Quintana).

*

Durante o período de menstruação, chamado niddah, as mulheres judias não podem dormir no mesmo quarto que seus maridos, nem ao menos podem tocá-los. Essa e outras tantas tradições judaicas, sobretudo nas relações conjugais, nos deixam espantados. A mulher é considerada quase um objeto, bem diferente do nosso Ocidente, onde elas já gozam de todos os direitos que os homens.

*

Perguntei ao meu tio Colorau se ele tinha esperança de um dia ver este país sem políticos corruptos, com todos os serviços públicos funcionando a contento etc. Ele me olhou e sapecou: “Não”. E então foi me ensinar como consumir gengibre, que ele diz ser um excelente termogênico.

*

Ontem, no fechamento da 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, dois resultados inesperados. O Joinville, inquilino fiel da zona de rebaixamento e saco de pancada da competição, goleou o Cruzeiro por 3 – 0. Já em MG o Atlético perdeu para o Grêmio por 0 – 2. Esta é a graça do futebol. Por falar em graça, o Vasco é o lanterna da competição, com meros 13 pontos.

*

Os eleitores brasileiros já colocaram muitos candidatos atípicos nas casas legislativas, o chamado voto de protesto. O caso mais recente é o do palhaço Tiririca, um dos deputados federais mais bem votados do país. Nunca vi, contudo, um candidato tosco chegar ao Executivo.

Podemos até dizer que a eleição de Robinson Faria (PSD) para o governo do Estado foi uma espécie de voto de protesto da população contra o outro candidato, o deputado federal Henrique Alves, no entanto, Robinson não se apresentou como uma figura atípica, não pediu votos dentro da seara do escracho e da bazófia.

A Islândia, entretanto, já passou por esta experiência. Entre 2010 e 2014 a capital do país, ReyKjavík, foi administrada por um palhaço, Jón Gnarr.

Será que nós, brasileiros, chegaremos um dia a ver um estado ou município da nação ser governado por um palhaço?

*

PATRONO DE RUAS – Pedro Fernandes. Nasceu em Marcelino Vieira, no dia 30/06/1904. Foi industrial, diretor-presidente da CIA. Alfredo Fernandes Indústria e Comércio. Exerceu ainda importantes funções na cidade, como presidente do Clube Ypiranga, diretor do Banco Mossoró e presidente da rádio Difusora. Morreu em Fortaleza, no dia 07/12/1972. Seu neto e homônimo é o atual reitor da UERN.

Categoria:PÍLULAS